Como ajudar o seu filho a fazer o projeto de vida dele!

Já ouviu falar em projeto de vida? Sabe para que serve? E qual a importância para o seu filho, mas não somente para os filhos, para qualquer pessoa? Sabia que em 2022 o projeto de vida é obrigatório nas escolas do ensino fundamental ao ensino médio? Como você pode incentivar o seu filho a fazer um? Fique conosco até o final e confira todas as respostas!

Mas o que é um projeto de vida?

Projeto de vida é um processo de planejamento no qual os indivíduos se conhecem melhor, identificam seus potenciais, interesses e paixões e estabelecem estratégias e metas para alcançar os seus próprios objetivos e atingir a sua realização em todas as dimensões. Não é um roteiro fechado – pelo contrário, deve ser flexível –, mas precisa conectar a história de cada pessoa, o contexto em que vive e suas expectativas futuras.

E Como é que é, Evandro? Meu filho vai fazer um projeto de vida? Mas ele só tem 6 anos!

Segundo o psicoterapeuta Leo Fraiman, que é especialista em construção de projetos de vida, da educação infantil ao ensino médio e ao início da carreira, pensar em projetos de vida e “ensinar” a construí-los é um processo a ser feito não somente quando os filhos se tornarem adolescentes, quando o jovem tem que escolher sua carreira. É importante que as crianças aprendam a se conhecer e a estabelecer conexões promissoras desde cedo.

Para Fraiman, estimulá-los a se conhecerem, a saberem por que os pais trabalham, da importância do trabalho para eles, da necessidade de economizar dinheiro e a importância de poupar, por exemplo, faz com que os filhos estejam mais preparados para os desafios ao longo de todo o trajeto de vida, da infância até a idade adulta. 

A BNCC, que é a Base Nacional Comum Curricular e braço normativo do MEC, contempla o Projeto de Vida entre as suas 10 competências gerais, que devem ser trabalhadas em todas as etapas da educação, até o Ensino Médio. O Projeto de Vida é um componente curricular do Novo Ensino Médio, que tem início neste ano de 2022.

A fim de atender às expectativas dos estudantes e às demandas da sociedade contemporânea para uma formação integral, essa competência proporciona aos alunos o autoconhecimento e o contato com as opções existentes no mundo, para vivenciarem um pouco dessas opções e escolherem a melhor possível para direcionarem seus futuros.

Trabalhar o Projeto de Vida possibilita a formação teórica e prática sobre os assuntos, e aliar o conhecimento às vivências reais aproxima os alunos da realidade, o que facilita sua escolha futura.

E como você pode incentivar o seu filho a elaborar o projeto de vida? Vamos dar 7 dicas a seguir.

Dica nº 1 – Nós, pai e mãe, somos os exemplos para os nossos filhos

Essa frase de Fraiman, psicoterapeuta que citamos anteriormente, resume esta dica: “A distância entre o que sonhamos e o que conquistamos depende da nossa própria atitude. Como pais, queremos filhos felizes. Para isso, é preciso refletir sobre nossa própria atitude diante deles. Cabe a nós a responsabilidade de conduzi-los ao melhor que podem ser”.

Dica nº 2 – Deixe seu filho experimentar

Ao nascer, seu filho ainda não sabe quais são as suas preferências e é comum que mimetize aquilo que observa em seus pais. No entanto, isso não é o suficiente para a criação de uma personalidade única.

Dessa forma, é fundamental apresentar diversas atividades e deixar que ele explore sua própria identidade através de experiências. Vale a ida a museus, teatros, participação em oficinas de teatro, de música, de artes, de pintura, robótica, programação, sem contar os esportes e bibliotecas. Deixe-o experimentar e, assim, ele vai começando a ter as suas afinidades.

Dica nº 3 – Respeite os gostos

Respeite os gostos do seu filho e incentive-o a trabalhá-los de maneira saudável, ainda que eles não sejam exatamente o que você esperava. Lembre-se de que é fundamental não depositar expectativas em seus filhos, a fim de evitar a sensação de ansiedade nessa fase da vida.

Estimular, portanto, as habilidades de seu filho e ajudá-lo a criar um projeto com base em suas preferências pessoais, sempre respeitando a individualidade, é um dever da família.

Dica nº 4 – Incentivar sempre

Os pais não devem se tornar agentes de desmotivação e “matar” o sonho do filho, mesmo que ele apresente uma visão fantasiosa de seu futuro ou que pareça inalcançável. Ao contrário, a mensagem deve ser sempre para incentivar. É esta a função dos pais: ajudar os filhos a cultivarem seus sonhos.

Dica nº 5 – Ajudando no planejamento

Seu filho externou o desejo de conhecer o mundo? Então que tal descobrirem juntos as opções de carreira que podem levar a isso (como diplomata, relações internacionais); listarem quais as habilidades estas carreiras exigem e como é possível desenvolvê-las? Se a filha sonha em ter uma doceria, vale conversar sobre a importância de se entender mais sobre o que envolve a administração de um empreendimento. Vale, também, identificar obstáculos que precisam ser superados ressaltando que eles compensarão; às vezes, o jovem não é afeito à informática por exemplo, mas a análise mostra que ter este conhecimento é importante; ele chegará a conclusão de que vale o esforço.

Dica nº 6 – Seja copiloto da vida de seu filho

Na fase da escolha profissional, entenda que você não é o piloto que toma as decisões, como quando seu filho era uma criança totalmente dependente. Esta provavelmente será uma das primeiras escolhas importantes que ele fará na vida e também o melhor momento para que você assuma a posição de copiloto, figura presente que pode ajudar se necessário, mas que não interfere nas decisões finais.

E a última dica, a de nº 7 – Dê autonomia e responsabilidade (inclusive vou deixar o link do nosso vídeo sobre responsabilidade)

Ajude seu filho a compreender a importância de planejar, de ter metas e objetivos e, mais do que isso, de que é possível ir atrás dos seus sonhos mesmo com os pés no chão. Muitos pais podem sentir dificuldades nesta tarefa por não terem tido as mesmas possibilidades que os filhos quando eram mais jovens, o que pode resultar em duas situações: a de projetar nos filhos o que queriam para si mesmos ou abandoná-los, deixando que “se virem sozinhos”. É importante ensinar a autonomia de escolhas, mas mostrar que todos nós devemos ter responsabilidades e arcar com as consequências de nossas opções.

E é isso que ensinamos para os nossos alunos aqui na Eu S/A Escola de Empreendedorismo para crianças e adolescentes. São os conhecimentos, habilidades e atitudes da cultura empreendedora que tornarão o seu filho um sucesso na definição do projeto de vida dele! Agende uma aula experimental gratuita para conhecer mais!

Um abraço e obrigado!

Evandro Conti

Eu S/A Escola de Empreendedorismo

Ensine a seu filho qual é o bem mais valioso!

Ensine a seu filho qual é o bem mais valioso!

Neste texto vamos falar de um tema muito importante e é o que temos de mais valioso. Sabem qual é? Vou dar algumas dicas: Quando ele é mal gasto é desperdiçado para sempre;Você não consegue comprá-lo, depois que passou, passou. Não tem como voltar atrás. Você tem que...

Ensinando psicologia financeira a seu filho

Ensinando psicologia financeira a seu filho

O tema do nosso texto é: Ensinando Psicologia Financeira a seu Filho! Como é que é, Evandro! Psicologia financeira? Mas finança não é uma ciência exata? O que tem a psicologia a ver com finança? Aí é que você se engana! Aquilo que vemos no nosso extrato bancário, as...

Como o esporte estimula o espírito empreendedor em seu filho?

Como o esporte estimula o espírito empreendedor em seu filho?

Qual é o esporte que estimula o espírito empreendedor em seu filho? A resposta é simples: todos! Todos os esportes precisam primeiro da vontade de quem pratica para começar o treino. Treinar não é fácil. É desgastante, mas com disciplina, dedicação e foco você diz não...

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Elas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies no site.

Need Help? Chat with us